PROFISSIONAIS

Fabíola Scherer Cortezia - Psicóloga - fabiola@espacodomquixote.com.br
Psicóloga formada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Pós-graduação em Psicoterapia Psicanalítica de Crianças e Adolescentes pelo Contemporâneo - Instituto de Psicanálise e Transdisciplinaridade (conclusão em 2010). Especialização em Infância e Família, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (conclusão em 2014), Experiência docente de 9 anos na rede pública e privada. Experiência como Psicóloga Escolar da rede privada de ensino. Professora da Formação em Processos de Aprendizagem e Inclusão no Espaço Dom Quixote. Autora de artigos na área da infância: "A construção da personalidade do bebê: o fascinante percurso da barriga ao berço"; "Dificuldade na aprendizagem: onde encontramos a saída?", "Ambientoterapia: Tratamento Transdisciplinar para Transtornos do Desenvolvimento". Experiência no atendimento de bebês, crianças e adolescentes. Diretora do Espaço Dom Quixote.

Thaís C. Chies - Psicóloga - thaispsico@espacodomquixote.com.br
Psicóloga formada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Especialista em Transtornos do Desenvolvimento na Infância e na Adolescência – abordagem Interdisciplinar pelo Centro Lydia Coriat de Porto Alegre. Psicanalista em formação pela Sigmund Freud Associação Psicanalítica. Experiência clínica com crianças, adolescentes e adultos. Sócia da Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul. Psicóloga durante quatro anos em serviço especializado de saúde mental para crianças e adolescentes do município de Novo Hamburgo. Supervisora local de estágio de psicologia da Unisinos.

Fernanda Soares Fernandes - Psicóloga - fernandapsico@espacodomquixote.com.br
Psicóloga graduada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. CRP 07/17156. Especialista em Psicologia Clínica : Psicoterapia Cognitivo - Comportamental, 3 º turma - WP -Centro de Psicoterapia Cognitivo - Comportamental - Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, autorizado pelo MEC, credenciado pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia) e ABEP (Associação Brasileira de Estudos em Psicologia.(2010). Extenção Universitária: 2a. edição do Curso de educação à distância SUPERA (Sistema para detecção do Uso abusivo e dependência de substâncias Psicoativas: Encaminhamento, Intervenção breve, Reinserção social e Acompanhamento) promovido pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).Membro da FBTC (Federação Brasileira de Terapias Cognitivas).

Janaína R. Ody Lincke - Psicóloga
Graduação em Psicologia - Universidade Católica de Pelotas - Especialização em Teoria e Técnica Psicanalítica e a Clínica Psicoterápica (Lato Sensu), concluída em dezembro de 2011 em Instituto Contemporâneo (Instituto de Psicanálise e Transdisciplinaridade – Porto Alegre/RS). Curso: Estados Autísticos e Psicoses da Infância Inicial, de março a dezembro de 2012 - Instituto Contemporâneo. Participante de grupos de estudo em: Transtornos Alimentares e Obesidade, participante desde março de 2013 no Instituto Contemporâneo; Estudos Sobre a Obra de Winnicott, de março a dezembro de 2012, no Instituto Contemporâneo. Experiência clínica com crianças, adolescentes e adultos.

PSICOLOGIA

A consulta psicológica com crianças e adolescentes reveste-se de características bastante particulares e específicas.

O psicólogo terá de ter competências que lhe permitam entrar no mundo da criança e perceber os seus comportamentos, através do jogo e do brincar, do desenho e da imaginação. Importa que o setting terapêutico seja descontraído e facilitador, permitindo à criança projectar-se e comunicar-nos na sua linguagem simbólica as suas necessidades implícitas.

São diversas as problemáticas e perturbações que surgem nas crianças. Cabe ao psicólogo clínico a identificação e o acompanhamento dos mesmos, sempre inserindo a família no processo terapêutico, ouvindo e acolhendo e auxiliando os pais a lidarem com as situações.

Por sua vez, dado que adolescência é uma etapa do desenvolvimento onde ocorrem diversas transformações a nível físico, psicológico, social e emocional, alguns jovens poderão apresentar problemas psicossociais. O papel do psicólogo será o de identificar possíveis perturbações no decorrer desta etapa do ciclo vital, planear programas de prevenção e intervenção com os jovens para que os mesmos vivenciem a adolescência como um período menos conturbado. Da mesma forma, também será papel do psicóloga ouvir e acolher a família, auxiliando os pais a lidarem com os filhos nesta etapa do desenvolvimento dos mesmos.

Leia também

Ambientoterapia
Assessoria Educacional
Fisioterapia
Fonoaudiologia
Grupo de Estimulação Precoce
Grupo de Musicalização para Bebês
Grupo de Reeducação Alimentar
Grupo MEXA-SE
Grupo Pipoquinhas
Grupo Só Para Cantar
Grupo Terapêutico Amigos do Donqui
Musicoterapia
Nutrição
Oficina de Aprendizagem
Psicologia
Psicomotricidade
Psicopedagogia

 
Rua São Caetano, 1041 - Centro - São Leopoldo - RS - Brasil - Tel.: 51 3037.7167